Pedaço de mim

Sem querer você foi invadindo
Espa
ç
os, 
pensamentos,
 Alma, cora
ção, minha vida
Eu, sem perceber me vi completamente perdida,
Tive medo desse encantador e descompromissado sedutor

Pediu que eu não te amasse,
E eu te prometi. Me prometi.
De inicio me escondi, fugi, mas cedi
 Quis conhecer o novo, aquela mágica


 Você me encantava, tomava conta de tudo
 Bastava um sorriso seu e tudo se iluminava
N
ão percebi o momento exato que você partia
Foi tanta dor! Havia tanto amor!

Quando te vi partindo,
seguindo em caminho contrario, eu queria correr,
queria gritar; ali eu senti que para voc
ê eu morria
Eu n
ão entendia,

Voc
ê partia, mas ficava como um pedaço de mim
Era tudo t
ão confuso,
Minha vida, a sua, tudo em mim
Preciso
  morrer,
Preciso
  renascer,
Para perceber que tudo chegou
  ao fim

Hoje ainda
é você
Ainda sou eu,
Ainda somos n
ós

Mesmo voc
ê tendo partido;  sim, ido, seguido
E me deixado a s
ós


Fanete Costa

                                                    

É proibida a reprodução total ou parcial do material contido
neste site sem a expressa autorização do autor
Copyright©2012, Fanete Costa

Designer Fanete Costa                                                   Webmaster corcel negro®